quinta-feira, junho 04, 2009

DUAS AMIGAS

ONDE O CORPO DESCANSA I


Fotografia: Inês Correa
Cadeiras fotografadas na casa da Tonha


Postei a foto no Picasa e recebi o comentário da Tonha: "Finalmente o reconhecimento da beleza e harmonia dessas duas amigas.". Adorei a idéia e fiquei pensando que o fazer fotográfico tem sempre dois lados: um de quem vê e outro de quem vê. Hein? Hehe, acho que é mesmo assim. O de quem vê do lado de cá do buraquinho da câmera (atualmente aquele visor que virou telinha), e o de quem vê do outro lado, a parte pronta, antes cópia em papel fotográfico, hoje visivel também no mundo virtual. E cada pessoa vê de uma maneira, outras vezes não.

Mas parece que aqui tudo é memória de alguma forma - as lembranças de como a fotografia analógica se transformou em imagem digital. A história da imagem que se compõe, porque toda imagem de algum jeito tem história ou terá, vai formar uma historinha, sei lá. As recordações que o objeto fotografado carrega - as duas cadeirinhas antigas parece já carregaram muitos e muitos corp
os, lembram muitas fofocas de muitas comadres talvez. Ou não, ficaram ali no canto de alguma sala olhando o que se passava, fotografando aquilo que viam...

Se do lado de cima as companheiras cadeiras carregaram corpos aprumados, as poltronas abaixo também devem ter o que
contar de sentados corpos escorregados, desleixados no conforto delas. Namoricos. Namoros mais intensos. Mas provavelmente não muito intensos porque são delicadas.


Fotografia: Inês Correa
Poltronas fotografadas na casa da Leda

7 comentários:

Sylvia disse...

Adorei essa de "onde o corpo descansa". Dá um belo projeto, e vc pode pedir patrocínio de algum fabricante de colchão! bj, MS

Leda disse...

bota cor nisso ! bjs

Leda disse...

bota cor nisso. bjs

samya disse...

adoro tuas fotos, quem dera eu conseguir chegar so perto um dia! abraços.

Inês Correa disse...

Obrigada pelos comentários, vou pensar em todos eles. Bjs

Juliana Rodrigues disse...

Comecei acompanhar seu blog agora, na verdade, tive a oportunidade de conhecer o seu trabalho agora com o lançamento do livro de 5 anos do Fomento à Dança. É incrível como suas fotos se movimentam! Essas poltronas parecem estar num momento "papo de comadres", ou aquele dia em que nossas avós se reunem com as amigas... É muito bonito, elas vão além da técninca. Parabéns!

Inês Correa disse...

Oi Juliana, incrível sua observação "papo de comadre". Obrigada pela força e pela visita. Volte sempre que quiser.